Histórico

Imprimir

Histórico

 

Loteria do Estado de Minas Gerais

 

No dia 02 de agosto de 1923 a então Cia. de Loterias de Minas Gerais fazia seus dois primeiros milionários: um felizardo do Rio de Janeiro, que ganhou 100 contos de réis e um outro de Belo Horizonte, premiado com 50 contos de réis. Os prêmios corriam uma vez por mês e eram pagos religiosamente, o que consolidou o prestígio da Companhia junto aos mineiros.


Em 1939 o então Governador Benedito Valadares baixou um decreto encampando a Cia. de Loterias de Minas Gerais, incorporando-a à Secretaria de Finanças. Nascia então a Loteria do Estado de Minas Gerais.

 
passado lemg
(Fonte: Arquivo da Loteria Mineira)


Em 1965 foi inaugurado o Estádio Magalhães Pinto, uma das principais obras construídas com recursos da Loteria Mineira através da Lei nº. 1947, de 13 de Agosto de 1959, sancionada pelo Governador Bias Fortes. Nesta época, estipulou-se que 10% do arrecadado com a venda de bilhetes da Loteria seria destinado para a construção do Estádio.


A Loteria Mineira é um exemplo de instituição pública altamente rentável, geradora de recursos e de elevada simpatia, inteiramente independente de verbas do Governo. É um dos poucos órgãos que, além de autônomo, é um centro de arrecadação de recursos para importantes obras sociais.


Ao destinar parte do lucro obtido com os jogos às obras sociais do Governo, a Loteria Mineira proporcionou a inauguração de escolas, creches, hospitais, além de obras de saneamento e urbanização. Desde sua criação a Loteria Mineira é instrumento de geração de empregos, de renda e de circulação econômica para o Estado de Minas Gerais.